Edson Neves responsabiliza Agilson Muniz pelas dívidas

O prefeito Edson Neves (PSD) negou ontem (17), em entrevista ao Bahia Notícias, as acusações do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e atribuiu os atuais problemas enfrentados pela administração municipal ao ex-gestor Agilson Muniz (PCdoB), cassado em novembro do ano passado. Ubatã vive uma instabilidade político-administrativa desde maio de 2010.

“O Ministério Público foi induzido ao equívoco. Quando o juiz deu a liminar com a suspensão da micareta, não foi dada a oportunidade de esclarecer. Se nós tivéssemos a oportunidade de nos defender, tenho certeza de que existira esse convencimento de ambas as partes, porque a prefeitura não foi ouvida para poder se defender antes de ser acusa e de ser dada a liminar”, disse Edson Neves.

O alcaide costuma atribuir, em entrevistas à FM Ubatã, de sua propriedade, toda a culpa dos problemas do município à gestão do ex-prefeito Agilson Muniz. O mais curioso de tudo é que apesar das constantes críticas, Muniz continua calado e aceita tudo passivamente. Como se diz no ditado popular, quem cala, consente!

Redação Ubatã Notícias