Professora presta Queixa - Secretária de Educação disse que vai abrir sindicância para apurar possível agressão

A professora Luana Ribeiro Fernandes prestou queixa no final da manhã de hoje (23) na Delegacia de Ibirataia alegando que foi agredida pelo Diretor da Escola onde trabalha. A agressão teria acontecido na Escola Municipal Manoel de Souza Massaranduba e o agressor, segundo a professora, seria Manoel Filho, o Sula. A agressão teria sido testemunhada por várias pessoas.

Segundo relatou Luana Fernandes à Polícia, ela teria ido à secretaria da escola para pedir um tapete e dois fantoches para a aula de leitura. O Diretor, inexplicavelmente, teria xingado a professora, que rebateu perguntando se ele havia tomado o remédio. Nesse momento, segundo o depoimento, Manoel Filho teria gritado com a professora e partido para a agressão, dando unhadas e empurrões.

Funcionários e professores da Instituição teriam ajudado a acalmar os ânimos. Luana Fernandes fez exame de corpo de delito e as agressões físicas foram ratificadas pela médica plantonista. O agressor deve depor nos próximos dias na Delegacia de Ibirataia. O Ubatã Notícias tentou entrar em contato telefônico com Manoel Filho na tarde de hoje, mas não obteve sucesso.

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO NEGA AGRESSÃO           

Contatada pelo Ubatã Notícias, a Secretária de Educação de Ibirataia, Maria Emília Brito Costa Silva, disse que não houve agressão e que a situação está sendo contornada. Ainda de acordo com Silva, a Secretaria de Educação abrirá uma sindicância para apurar o caso. A Secretária disse ainda que amanhã dará mais detalhes sobre o caso para o UN.

Redação Ubatã Notícias