Wesley continua escancarando problemas do município

Crítico ferrenho à administração pública ubatense, o prefeiturável Wesley Faustino (PDT) disse ao UN que a população não tem ideia do estrago feito nas contas da PMU por causa do micareta. “Foi um ato de capricho e irresponsabilidade do senhor Edson Neves da Silva (PSD). Ele vai atrasar ainda mais os salários dos efetivos – porque pagar dia 10 do mês seguinte já está errado – e os demais pagamentos e, como é de costume, vai botar a culpa nos outros. Vai dizer que é por causa desta instabilidade que vem ocorrendo nos últimos dias. Quem quer apostar?”, desafia Wesley Faustino.

Wesley Faustino relata que o município tem uma dívida consolidada, até dezembro de 2011, no valor de R$ 27.760.934,38. “É muito mais, só está neste valor INSS, Embasa, Coelba e Precatórios, sem atualizar em 2012. Faltam salários e aluguéis dos imóveis, atrasados, dividas com fornecedores, alugueis de veículos, dívida com a construtora que reformou a Casa da Merenda, entre outros”, enumera. Ubatã, segundo Wesley Faustino deve, até dezembro de 2011, ao INSS a quantia de R$ 25.676.064,43; a Embasa R$ 1.723.119,58 e a Coelba, somente pela iluminação das ruas, o valor de R$ 361.750,37.

E continua relatando: em 2011, os prefeitos Agilson Muniz (PCdoB) e Edson Neves da Silva (PSD) autorizaram os gastos de R$ 161.112,00 somente em diárias. É muito dinheiro gasto em viagem. Cito apenas os seis maiores gastos:  gabinete do prefeito – R$ 44.708,00; seguidos da Secretaria de Administração – R$ 22.666,00; Finanças –  R$ 20.750,00; Saúde – R$ 15.010,00; Desenvolvimento Social – R$ 12.002,00 e a de Agricultura e Meio Ambiente – R$ 10.342,00.

Sugeriu que a Câmara fiscalize com olho de lince as contas da Secretaria de Agricultura  e Meio Ambiente, referentes a 2011.  “Além de ter gasto a quantia de R$ 10.342,00, com diárias, gastou também um valor exorbitante em preservação e conservação ambiental. Consta no relatório de gestão o valor de R$ 862.419,41. “E como diz Magary Lord na música: Estranho né?, Pergunta Wesley Faustino.

Redação Ubatã Noticias