Prefeito terá prazo para se defender das denúncias

A Câmara de Vereadores de Ubatã apreciará, em sessão realizada hoje (28) à noite, mais uma denúncia contra a gestão do prefeito Edson Neves (PSD). Desta vez a denúncia será a respeito do valor cobrado pela empresa que presta o serviço de coleta de lixo da cidade, cerca de R$ 135 mil reais.

O prefeito Edson Neves sempre teve, nas duas partes de seu governo, maioria folgada na Câmara de Vereadores, mas a relação com o legislativo ubatense começou a azedar às vésperas da Micareta da cidade, quando oito dos nove edis se reuniram e decidiram antecipar uma sessão ordinária.

Na oportunidade, a Câmara afastou o alcaide pelo prazo de 90 dias, mas a Justiça reconduziu o prefeito dois dias depois o afastamento, sob a alegação de que os princípios constitucionais da ampla defesa e do contraditório haviam sido violados. A Câmara, no entanto, ao que parece, não declinou da ideia de afastar o gestor.

Redação Ubatã Notícias