Greve mantém 100% da frota de ônibus na garagem em Itabuna (Foto Pimenta)

Do Pimenta

Os mais de 40 mil itabunenses que utilizam ônibus diariamente tiveram que recorrer a transporte alternativo ou bater perna para chegar ao trabalho ou se deslocar para outras atividades. A greve dos rodoviários paralisou todas as linhas urbanas. Motoristas e cobradores cruzaram os braços e as frotas das empresas São Miguel e Expresso Cachoeira não deixaram as respectivas garagens nesta terça, 29.

Os rodoviários exigem reajuste de 16,5%, tíquete refeição, aumento de 60% para 70% do valor da hora extra e passe livre. Até ontem, a categoria dizia que não havia obtido retorno da Associação das Empresas de Transporte Urbano (Aetu). As negociações começaram com duas das empresas de transporte intermunicipal (Rota e Águia Branca), mas rodoviários ligados às duas empresas também deflagraram greve.