Dui ocupa o cargo desde a I parte da gestão Edson Neves

O Secretário de Obras de Ubatã, Everaldo Gonçalves dos Santos, o Dui, negou que tenha levado dependentes químicos para a tumultuar a sessão que ocorreu nesta terça-feira (29) no legislativo ubatense. As acusações contra Dui foram feitas pelo ex-prefeito de Ubatã, Gleide Santana (PMN).

“A informação não procede. A própria Câmara convocou a comunidade para comparecer à sede do legislativo. Então, a população se revoltou contra o circo armado e revolveu ir à Câmara apoiar o prefeito Edson Neves. E outra, ele não pode chamar as pessoas pobres, carentes, de dependentes químicos”, disse o Secretário de obras ao Ubatã Notícias.

Dui disse ainda que ingressará com uma ação na justiça contra o ex-prefeito Gleide Santana por calúnia. “Ele vai ter de provar as acusações”, emendou. Já o ex-gestor afirmou que não teme os adversários políticos. O período eleitoral ubatense nem começou oficialmente, mas já sacode os bastidores da política local.

Redação Ubatã Notícias