Ronaldinho entrou na Justiça para deixar o Flamengo

Do Globo Esporte

Depois de um ano e cinco meses de um relacionamento conturbado, Ronaldinho Gaúcho não é mais jogador do Flamengo. O meia-atacante, que cobra do Rubro-Negro uma dívida de R$ 40.177.140,00, conseguiu a tutela antecipada na 9ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro.

A liminar concedida pelo juiz André Luiz Amorim Franco foi protocolada na tarde desta quarta na CBF, e o fim do vínculo contratual será oficializado assim que a liminar passar pelos departamentos jurídico e de registros da entidade, o que libera o jogador para assinar com outro clube.

– O Ronaldinho não é mais jogador do Flamengo, o contrato dele foi rescindido judicialmente. Não posso falar de valores, porque eu mesma pedi segredo de Justiça. Mas estamos cobrando valores altíssimos, milionários, aos quais o atleta tem direito – disse a advogada do atleta, Gislaine Nunes, ao Arena Sportv.