Ubatã tem índice geral de 3,57

Matéria de capa desta semana d’ A Região destaca que poucos municípios do sulda Bahia obtiveram a nota máxima no Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde (IDSUS), a exemplo de Arataca, Canavieiras, Floresta Azul, Ibicaraí, Jussari, Uruçuca, Itajuipe, Jussari, Barro Preto, Barro Preto e Gongogi.

O índice é um indicador que faz aferição do desempenho do SUS quanto ao acesso e efetividade da Atenção Básicas, das Atenções Ambulatorial e Hospitalar e das Urgências e Emergências. “O resultado do IDSUS se deu em decorrência do nosso trabalho”, resumiu o prefeito de Gongogi, Altamirano Santos (PDT), o Sapão.

O pior desempenho foi constatado em Ubatã, que tem índice geral de 3,57, e com notas 1,35 na cobertura pelos serviços do Programa Saúde da Família e 1,75 no Saúde Bucal. O fato demonstra o descaso e a negligência com que a saúde do município vem sendo tratada nos últimos anos.

Redação Ubatã Notícias