Prefeiturável havia declarado apoio a Expedito Rigaud

O prefeiturável João Oliveira (PRP) negou, no último sábado (09), que o seu partido apoiaria a pré-candidatura de Expedito Rigaud (PSB) ao executivo municipal. A afirmação, a outro veículo de comunicação, veio no mesmo dia em que o Ubatã Notícias informava os internautas acerca do apoio do prefeiturável.

Questionado pelo Ubatã Notícias sobre ter praticamente desmentido a matéria do portal num outro veículo de comunicação, Oliveira reconheceu o erro e afirmou: “Cometi um equívoco. Peço desculpas ao portal, mas não houve maldade nenhuma de minha parte, foi um equívoco”, disse João Oliveira.

O que o prefeiturável não reconheceu, apesar das evidências, é que ele havia de fato declarado apoio, em reunião realizada na última sexta-feira (08), à pré-candidatura de Expedito Rigaud. Pessoas que participaram da reunião confirmaram o conteúdo da matéria veiculada pelo Ubatã Notícias no sábado.

COSME PEREIRA – DO MESMO PARTIDO

Eu estava na reunião. Para minha surpresa, ele próprio quem falou que apoiaria Expedito na proporcional e deixou certo na majoritária para prefeito. O apoio foi um dos temas discutidos na reunião, e no meio da conversa ele [João Olivera] disse que apoiaria Expedito, foi ele que levantou a bandeira.

FLORI SANTOS – EX-VEREADOR – TAMBÉM DO MESMO PARTIDO

Ele [João Oliveira] realmente declarou o apoio. Não sei o que o fez mudar de opinião, mas saiu de lá sexta-feira garantido que apoiaria Expedito. Ninguém o forçou ele a fazer isso.

REUNIÃO COM EX-GESTOR NO SÁBADO

A declaração de João Oliveira de que não mais apoiaria Expedito Rigaud se deu após uma reunião com ex-prefeito Adailton Ramos Magalhães (PTB), o Dai da Caixa, reunião esta realizada numa residência da Rua Rafael Oliveira, Bairro São Raimundo. Se há alguma relação entre o encontro com o ex-gestor e a decisão do prefeiturável de não mais apoiar Rigaud, só eles poderão dizer.

TENTATIVA DE DESQUALIFICAR MATÉRIAS DO UBATÃ NOTÍCIAS

Em menos de um mês, é a segunda tentativa de desqualificar matérias postadas pelo Ubatã Notícias. Na primeira vez, em meados de maio, o UN noticiou, com exclusividade, o cancelamento da Micareta pela Justiça local, quando foi desmentido por uma emissora de rádio e pela imprensa virtual. Na época, como agora, ficou evidente quem estava com a razão. Sem mais!

Redação Ubatã Notícias