"Voltem às aulas", apela Wagner

Da Coluna Tempo Presente – Jornal A Tarde

No fim de semana em Varzedo, o governador Jaques Wagner fez um apelo emocionado referindo-se aos professores em greve: – Voltem às salas de aula. Não sejam algozes dos estudantes mais pobres! Ponham uma faixa na testa: governador traidor! Mas não punam mais os estudantes!

Ontem, na assembleia geral, os professores nem tchum. Estão irredutíveis na sua pedida, e o governo batendo na mesma tecla: atender a isso é ‘impossível’ por falta de dinheiro. Os grandes perdedores da pendenga, os alunos, já sofreram danos irreversíveis. O ensino público, que é de qualidade discutível, neste primeiro semestre foi nenhum.

É nesse ponto que o governo parece se ver sem saída. Os professores em greve tratam Wagner da mesma forma que tratavam ACM em matéria de agressividade. A diferença é que ACM não pensava duas vezes para brandir a chibata. Wagner, até por ser um ex-sindicalista, abomina tais métodos. Mas parece não ter uma técnica alternativa para o enfrentamento de tais situações. O resultado é trágico: sangra ele, porque se desgasta; sangram os alunos, porque não têm aula; e sangram os professores, porque ao invés de educadores também viram carrascos.