Obra se estende por meses e árvores são derrubadas (Foto: Nando Mattos/UN)

Os moradores de Camamuzinho estão tiririca da vida com a Prefeitura de Ibirapitanga, sob a gestão do prefeito Antônio Conceição Almeida (PSL), o Gude, isso porque o executivo municipal resolveu reformar a principal praça do distrito, não isolou o local, derrubou as árvores e a obra ainda é tocada a passos de tartaruga.

Alguns moradores, inclusive, denunciam que a madeira retirada das árvores está sendo vendida em forma de fogueira pelo valor de R$ 30,00. “Já me ofereceram [a madeira]. Estão fazendo esta reforma que ninguém sabe no que vai dar, se é uma praça, uma quadra ou um parque”, reclama um morador do distrito.

Outra curiosidade é que apesar da envergadura da obra, apenas três servidores públicos municipais estão trabalhando numa obra que já se estende há três meses. “É obra eleitoreira”, dispara outra moradora. Quanto a derrubada das árvores, o Ibama, consultado pelo Ubatã Notícias, garante que não autorizou. Dureza!

Ver mais Fotos

Redação Ubatã Notícias