Placar foi 5 x 4 contra aprovação; para ser aprovado requerimento precisa de 6 dos 9 votos

A Câmara de Vereadores de Ibirataia rejeitou, nesta quinta-feira (14), o requerimento apresentado pelos edis Caio Pina (PP) e Elmar Lopes (PMDB) que solicitava a Intervenção do Governo do Estado no município de Ibirataia, sob a gestão do prefeito Jorge Abdon Fair (DEM). O placar foi 5 x 4 contra a aprovação.

Votaram contra o requerimento os vereadores Manoel Antônio de Souza Barbosa (PTN), Gilber Cardoso de Assis (PRP), Liberato Jesus Oliveira (PSDB), Irenilton Lima (PRP) e Antônio Soares Cavalcante (PDT). É preciso 2/3 dos votos, ou seja, 6 votos, para aprovar o requerimento sobre a Intervenção.

A oposição fundamentou o documento com base em denúncias da Polícia Federal contra gestão Jorge Fair, o Índice Firjan que colocou a prefeitura ibirataense com a mais próxima da falência no estado e gastos reduzidos em saúde em educação por parte do executivo. A gestão Fair fez prevalecer a maioria que possui na Câmara e evitou a aprovação do requerimento, mas não o desgaste.

Redação Ubatã Notícias