Prefeito concede entrevista ao A Tarde e nega acusações

Afastado do comando do executivo desde a última terça-feira (20) por decisão do desembargador Clésio Rosa, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), o prefeito Edson Neves (PSD) rebateu as acusações da vereadora e prefeita em exercício, Cássia Mascarenhas (PMN), que o acusou de movimentar ilegalmente as contas da prefeitura de Ubatã mesmo após ter sido defenestrado do cargo.

Edson Neves, em entrevista ao Jornal A Tarde, edição impressa deste sábado (23), disse que não procede as acusações feitas por Mascarenhas, uma vez que não efetuou nenhum saque no dia 20 de junho deste ano. Ao Jornal, Neves apresentou os extratos da conta da prefeitura da última quarta-feira (20) e explicou que Cássia Mascarenhas não pode fazer acusações em apresentar provas.

Edson Neves, que foi afastado primeiramente no dia 21 de maio para apuração de denúncias de descaso na saúde do município, mas retornou por meio de liminar e mandado de segurança, diz que já acionou seus advogados para entrar com medida judicial cabível contra as acusações da prefeita em exercício. Neves entrou com um Mandado de Segurança nesta quarta-feira (20) para tentar retornar ao cargo.

Redação Ubatã Notícias