É o segundo afastamento de Edson Neves em pouco mais de 30 dias

A Câmara de Vereadores de Ubatã afastou novamente, em sessão realizada na noite desta quarta-feira (27), o prefeito Edson Neves (PSD) pelo prazo de 90 dias. A Comissão Processante apresentou um Requerimento pedindo o afastamento do alcaide após este ter movimentado, segundo denúncia, as contas da Prefeitura de Ubatã quando já estava afastado do comando do executivo.

Edson Neves já havia sido afastado por igual período em 21 de maio, quando foram votadas e aprovadas oito denúncias contra o alcaide, dentre elas irregularidades na saúde pública municipal. Neves retornou dias depois por decisão da Justiça de 1ª instância, mas o Desembargador Clésio Rosa suspendeu os efeitos da liminar e do mandado de segurança impetrados pelo alcaide e o afastou novamente.

Apenas Sérgio Luciano, que tomou posse nesta quarta-feira (27) em substituição a Cássia Mascarenhas que assumiu o comando do executivo, se absteve da votação do Requerimento da Comissão Processante. O edil alegou que não tinha conhecimento da denúncia apresentada. Já o vereador Fernando Fernandes (PR), o FF, não compareceu à sessão e tampouco justificou a ausência.

Redação Ubatã Notícias