Renovação na Câmara será superior a 50%

Quatro dos atuais vereadores da Câmara Municipal não disputarão, por motivos diferentes, as eleições municipais que acontecem em outubro deste ano. Estão fora da disputa os edis Edizio Ferreira (PMN), Durval Borges (PSB), Paulo Silva (PSC) e Cássia Mascarenhas (PMN), que atualmente está à frente do executivo municipal.

Edizio Ferreira se dedicará a campanha de vice-prefeito do seu filho, Vinícius do Vale, o Tinho. Durval Borges e Paulo Silva respondem processo por infidelidade partidária e apoiarão, respectivamente, cunhado e esposa na disputa por uma vaga na Câmara. Já Mascarenhas apoiará o seu esposo, o ex-prefeito Gleide Santana (PMN).

Concorrerão à reeleição os edis César Sales (PSDB), Nilson Ribeiro (PSDB), Helder Pimentel (PMDB), Renan Souza (PR) e Fernando Fernandes (PR), o FF. No pleito eleitoral deste ano a Câmara passará a ter onze vereadores. Com isso, a renovação será, obrigatoriamente, superior a 50%. Não é o ideal, mas já ajuda!

Redação Ubatã Notícias