Manifestantes pediram 10% do PIB em educação | Foto: Futurapress

Da Folha

A partir deste sábado (7), segundo dia de campanha em todo o Brasil, os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador precisarão restringir suas aparições públicas. Estão proibidas as participações em inaugurações de obras públicas e pronunciamentos em rádio e TV fora do horário eleitoral, exceto em casos julgados pela Justiça Eleitoral.

No Rio de Janeiro, o candidato do PMDB, Eduardo Paes, aproveitou a brecha do Tribunal Regional Eleitoral, que não autorizou tais medidas para primeiro dia de campanha, e participou, ao lado da presidente Dilma de uma entrega de 460 unidades de “Minha Casa, Minha Vida” e de um hospital municipal, nesta sexta-feira (6).