Ioná Queiroz (PT)

A prefeita de Camamu e candidata a reeleição, Ioná Queiroz (PT), deve ser afastada em breve, seguindo decisão tomada nesta segunda-feira (9) pela presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Carmem Lúcia. Assume o lugar o segundo colocado nas últimas eleições municipais, José Américo.

O processo contra a petista corre desde 2010, quando o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) julgou procedente a acusação de abuso de poder econômico e político durante a campanha de 2008, quando Ioná teria distribuído comida e roupas. A prefeita conseguiu se manter no cargo por força de uma liminar.

Redação Ubatã Notícias