Mais de 20 retenções do INSS em menos de 8 anos

O INSS raspou o tacho da Prefeitura de Barra do Rocha, sob a gestão do prefeito Jônatas Ventura (PMDB), e reteve toda a verba oriunda do FPM do município. A retenção, segundo o Setor de Finanças do executivo município, inviabiliza a regularização da folha salarial do município. A retenção foi de R$ 123.159,47.

No mês passado, também no dia 10, o INSS já havia retido, compulsoriamente, R$ 137 mil do FPM do município, deixando em caixa apenas a quantia de R$ 22 mil reais. “Estamos tentando intervir juridicamente para reverter as retenções, mas até agora não obtivemos êxito”, disse Jônatas Ventura ao Ubatã Notícias.

Ainda de acordo com o alcaide, a sua gestão vem sofrendo com as constantes retenções no FPM do município. “Já foram mais de vinte”, contabiliza. Gongogi, gerida pelo prefeito Altamirano Conceição Almeida (PDT), o Sapão, também tem sofrido com as retenções do INSS. Atraso salarial ao que parece é inevitável.

Redação Ubatã Notícias