Professores estão em greve há mais de 90 dias

Do Correio

O governador Jaques Wagner apresentou a proposta feita aos professores da rede estadual, na tarde desta quarta-feira (11), em reunião com o procurador-geral do Ministério Público do Estado (MPE), Wellington Lima, e o juiz assessor do Tribunal de Justiça (TJ-BA), Ricardo Schimitt. As contas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação (Fundeb) e informações técnicas sobre o orçamento estadual também foram apresentadas no encontro, realizado na sede do MPE, no Centro Administrativo da Bahia (CAB).

Em greve há 92 dias, os professores reivindicam um reajuste universal de 22% neste ano, enquanto o governo quer dividir entre novembro deste ano e abril do ano que vem, sob forma de promoção. “A reunião foi muito boa. Apresentei todos os números ao Ministério Público e ao Tribunal de Justiça, mostrando que a situação do fiscal do Estado é apertada, mas que há boa vontade de todos em negociar. E para que nossos alunos, que ainda estão com as escolas paralisadas, retornem a normalidade de suas aulas e possam concluir o ano letivo”, disse o governador.