Estão preocupados com a nossa candidatura, disse Rigaud

A candidata ao executivo municipal, Rosana Magalhães (PTB), ajuizou nesta sexta-feira (13) com uma ação de Impugnação de Candidatura junto ao Ministério Público (MP). O alvo de Rosana é o também candidato Expedito Rigaud (PSB), e na pauta da ação estão as contas referentes ao exercício de 2009 de Rigaud e a cassação de diploma pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“A candidata possivelmente não obterá êxito nesta ação protocolada no Ministério Público, uma vez que o TCM opinou pela rejeição das contas do candidato, mas estas foram aprovadas pela Câmara, o que reverte a decisão do Tribunal. Já o processo de cassação de diploma prevê três anos de ilegibilidade, já cumpridos pelo candidato”, assegurou o advogado eleitoral Carlos Brito.

“Estamos tranquilos e bem assessorados. Os nossos adversários temem pela nossa candidatura, se assim não fosse não demonstravam tanta preocupação, mas quero dizer para a comunidade ubatense que a nossa candidatura segue firme”, disse Expedito Rigaud, que tem 7 dias para apresentar defesa. Só após isso, o Ministério Público se manifestará sobre a denúncia da candidata.

Redação Ubatã Notícias