Os professores continuam ocupando a Assembleia Legislativa

Do Correio

Em uma assembleia realizada na manhã desta quarta-feira (18), os professores da rede estadual de ensino aprovaram uma contraproposta elaborada pelos grevistas. O documento já foi entregue ao Ministério Público ainda nesta manhã, segundo informações de do coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB), Rui Oliveira. Uma nova assembleia para discutir os rumos do movimento está marcada para a próxima sexta-feira (20). O impasse entre o governo do Estado e a categoria continua, e a greve dos professores entra no seu 99º dia.

Nesta quarta (18), deverá ser votado o pedido de reintegração de posse do prédio feito pelo presidente da AL-BA, deputado Marcelo Nilo (PDT). Desde a noite de segunda (16), os ocupantes estão sem ar-condicionado e sem acesso aos banheiros nos períodos fora do expediente da assembleia. O prédio também teve o fornecimento de energia e água cortado para pressionar os professores a deixar a AL-BA. Dormindo em barracas de camping, os professores se negam a sair.