Vitória da Conquista, no sudoeste baiano, poderá ter 2º turno

Do Pimenta

Pela primeira vez, o segundo turno nas eleições municipais pode incluir mais um município baiano. Vitória da Conquista, terceiro colégio eleitoral do Estado, atrás apenas de Salvador e Feira de Santana, tem chances de conhecer seu prefeito dia 27 de outubro. O segundo turno só se realiza quando nenhum candidato atinge a maioria absoluta de votos no primeiro turno, que neste ano ocorre no dia 7 de outubro.

Após vistoria da Justiça Eleitoral, o município confirmou ter 215.299 eleitores. Vitória da Conquista ultrapassou o mínimo necessário para exigir segundo turno no pleito para prefeito, que é de 200 mil eleitores, conforme determina a Lei das Eleições.

A juíza Simone Soares Chaves, titular da 40ª Zona Eleitoral comemora. “É um momento histórico para a cidade, marcando seu desenvolvimento pelo crescimento populacional e, conseqüentemente, de eleitores”. A cidade comporta também as 39ª e 41ª Zonas Eleitorais, sendo uma das seis cidades do Estado a possuir mais de uma zona eleitoral devido ao grande volume de eleitores.