Programa de Governo de Edson Neves pretende reformar Estádio Municipal (Foto: Nando Mattos/UN)

Os programas de governo dos candidatos ao executivo municipal ubatense, registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pecam por falta de ousadia e de planejamento. É o que se observa na maioria dos programas, que de alguns candidatos  excluem itens extremamente relevantes, como educação, saúde e cultura.

O futuro de Ubatã nos próximos quatro anos para três dos candidatos ao executivo municipal só merece uma página de propostas, muitas das quais sem qualquer conexão com a realidade. “É o velho jeito de governar no improviso, na brincadeira e sem qualquer noção de gestão pública”, diz um experiente político ubatense.

Uma das propostas de governo do prefeito afastado Edson Neves (PSD) é reformar o Estádio Municipal. O curioso é que no governo do alcaide o município havia sido contemplado com uma emenda parlamentar superior a R$ 600 mil para reformar o estádio, mas os prazos foram perdidos por pouco caso da gestão. Os planos de governo da maioria dos candidatos deixam muito a desejar.

Ver Proposta de Governo de Edson Neves

Ver Proposta de Governo de Expedito Rigaud

Ver Proposta de Governo de Guiormando Tavares

Ver Proposta de Governo de Manoel Barreto

Ver Proposta de Governo de Rosana Magalhães

Redação Ubatã Notícias