Agilson Muniz foi condenado a devolver mais de R$ 500mil e Edson Neves mais de R$ 10 mil - A decisão cabe recurso

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aprovou, nesta terça-feira (31), com ressalvas, as contas do prefeito de Ubatã, Edson Neves (PSD), referente ao exercício financeiro de 2010. Na mesma sessão, o TCM deu pau nas contas do ex-prefeito Agilson Muniz (PCdoB) referente ao mesmo ano.

“Estou muito feliz com as nossas contas aprovadas por unanimidade, o que comprova que a nossa administração tem responsabilidade e ética com as coisas do município, pois esta aprovação demonstra a responsabilidade e a honestidade do nosso governo”, garantiu o prefeito Edson Neves.

O relator das contas foi o Conselheiro José Rocha Dias. O TCM ainda falta julgar agora as contas referente ao exercício financeiro de 2008, sob a responsabilidade do ex-prefeito Adailton Ramos Magalhães (PTB). “As contas do exercício de 2008 devem ser julgadas até dezembro”, garantiu a Secretaria do TCM. Agilson foi condenado a devolver mais de R$ 500 mil e Neves pouco mais de R$ 10 mil.

Confira Decisão do TCM

Redação Ubatã Notícias