A vítima morreu com oito perfurações

Do Correio

Um detento foi morto por três colegas de cela dentro da carceragem da Delegacia Territorial de Eunápolis no final da manhã desta terça-feira (31). Segundo informações do delegado titular Eridelson Bastos, o detento Leandro Santos, 28 anos, foi morto com oito perfurações pelo corpo. Leandro chegou a ser socorrido para o Hospital Regional de Eunápolis, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Segundo a polícia, um dos golpes perfurou o pulmão do detento, agravando seu estado de saúde.

O crime aconteceu por volta das 11h30, durante o banho de sol, quando três detentos planejaram matar Leandro e o amigo dele Pablo Virgens, que também estava na carceragem. Segundo o delegado Eridelson, Leonildo Cruz, conhecido como Nildão, Rubens Lourenço, o Zoião, e Cláudio Jean aproveitaram a saída da cela para realizar o ataque. Os acusados usaram barras de ferro retiradas das camas de concreto que ficam nas celas para agredir Leandro. Segundo a polícia, Pablo não foi alvo da agressão porque estava em outra ala da carceragem. Segundo o delegado, nenhum dos agentes carcereiros percebeu ou ficou sabendo da intenção dos detentos.