Jorge Fair é acusado de emitir cheques sem fundo

O empresário José de Oliveira Freitas, o Freitas, proprietário do Auto Posto Portal, na BA-120, acusa o prefeito Jorge Fair (DEM) e a Prefeitura de Ibirataia de aplicar um calote em sua empresa no valor de R$ 162 mil. O débito é, segundo o empresário, oriundo do abastecimento de combustível de toda a frota municipal.

O empresário diz ter em posse quatro cheques emitidos pela Prefeitura de Ibirataia no valor de R$ 25mil; uma letra de crédito assinada pelo chefe de gabinete da prefeitura, que é cunhado do prefeito, no valor R$ 22 mil, e ainda um chefe da conta pessoal do prefeito de Ibirataia Jorge Fair (DEM) no valor de R$ 20mil.

Ainda de acordo com Freitas, houve, desde dezembro, diversas tentativas de negociar o montante junto ao executivo municipal, todas sem sucesso. O empresário estuda, inclusive, entrar com Ações de Cobrança e Execução, bem como Notícia Crime junto ao Ministério Público. O UN tentou entrar em contato com o executivo, mas o telefone estranhamento permanecia ocupado. Por ora e por razões óbvias, a empresa suspendeu o fornecimento de combustível para Prefeitura de Ibirataia.

Ver um dos Cheques sem Fundo – Cópia Autenticada

Redação Ubatã Notícias