Vírus ebola que atinge Uganda é ultra letal

Do Bahia Notícias

Países que fazem fronteira com Uganda, como o Quênia, Ruanda, Congo, Sudão e Tanzânia, reforçaram as barreiras sanitárias devido ao surto de ebola na nação vizinha. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casos confirmados da doença, para a qual não há tratamento ou vacina, chegam a 32. No total, 312 registros estão sob análise e 16 pessoas já morreram.

De acordo com o organismo internacional, o surto continua restrito por enquanto ao distrito de Kibaale, onde estão epidemiologistas da OMS, do Centro de Controle de Doenças (CDC) dos Estados Unidos e da Cruz Vermelha de Uganda. Doença infecciosa grave, a febre hemorrágica ebola tem uma taxa de mortalidade de aproximadamente 90%. O vírus é transmitido por animais selvagens e se espalha pela população humana apenas pelo contato direto.