Tim é acusada de derrubar ligações

Do Bahia Notícias

O vice-presidente de assuntos regulatórios da TIM, Mário Girasole, negou nesta terça-feira (7) que a empresa tenha interrompido propositalmente ligações de clientes do plano Infinity, modalidade de contrato no qual os clientes são cobrados por ligação e não por tempo de chamada. Girasole foi ao Senado conversar com líder do governo e presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia da Casa, senador Eduardo Braga (PMDB-AM), para dar explicações sobre o relatório de fiscalização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) que trata do assunto. “A TIM nega veementemente qualquer hipótese de interromper as ligações. Isso não faz parte da gramática da empresa”, disse o representante da empresa.

A Anatel apresentou um relatório com estudo sobre o padrão de quedas nas ligações dos clientes da companhia telefônica e observou que elas aconteciam quatro vezes mais entre os clientes do plano Infinity. Girasole garante que o relatório tem “falhas graves” e que o documento não leva em consideração, por exemplo, se a queda na ligação é de responsabilidade da empresa ou provocada por fatores externos, como a falta de carga na bateria no celular. Uma audiência pública está marcada para esta quarta (8) no Senado, ocasião que, segundo o parlamentar amazonense, pode ser a oportunidade para a empresa comprovar a inocência alegada.