Foto: Monique Renne/ Correio Braziliense

Do Bahia Notícias

Apesar de ter ficado calada durante depoimento à CPMI que investiga seu marido nesta terça-feira (7), a mulher do contraventor Carlinhos Cachoeira, Andressa Mendonça, conquistou olhares dos deputados que compunham a mesa na sessão. Uma foto inusitada publicada no Correio Braziliense virou assunto nas redes sociais dois dias depois, nesta quinta-feira (9).

Na imagem, assessores e parlamentares, inclusive o vice-presidente da CPMI, o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), acompanham com os olhos o corpo de Andressa, que ficou conhecida como “musa da CPI”. Após adotar a mesma tática do silêncio do marido, ela foi dispensada e os integrantes da Comissão ouviram o contador Rubmaier Ferreira de Carvalho, que negou conhecer o contraventor.