Vice-prefeito acusa prefeito Jorge Fair de perseguição

A vida do ex-prefeito e atual vice-prefeito de Ibirataia, José Antônio da Costa (PDT), não tem sido fácil após este ter declarado apoio ao candidato da oposição ao executivo municipal, o empresário Marcos Aurélio (PP).  Sob a batuta do atual prefeito, Jorge Fair (PSD), os salários do vice-prefeito foram cortados há 3 meses.

“Estou sendo perseguido e meus salários foram cortados depois que eu declarei apoio a Marcos Aurélio”, confirma o atual vice-prefeito. José Antônio da Costa acusa ainda a gestão Jorge Fair de perseguir os servidores do município que não levantam a bandeira do candidato da situação, o ex-vice-prefeito Antônio Batista (PSC).

“Estão colocando faltas nos servidores e promovendo descontos irregulares”, acusa Costa, que também destaca que a gestão Fair, que nos últimos quatro anos não distribuiu sequer um quilo de feijão à população, de começar a distribuir cestas básicas para o povo carente do município. Costa diz que ajuizará um Mandado de Segurança para garantir o recebimento de seus salários.

Redação Ubatã Notícias