Proibição foi determinada pela Anatel

Do Bahia Notícias

A TIM Celular manifestou concordância com a proposta feita pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de proibir as operadoras de telefonia móvel de cobrar pela segunda chamada em caso de a primeira ter sido interrompida. “Se o usuário fizer uma nova chamada em no máximo dois minutos, do mesmo aparelho e para o mesmo destino, a cobrança deverá ser feita como se a ligação não tivesse sido interrompida”, determina a Anatel. “A empresa buscará se antecipar, iniciando já na próxima semana o processo de implementação da nova solução em seis estados da região Nordeste”, disse o vice-presidente de Assuntos Regulatórios e Institucionais da TIM, Mario Girasole.