Técnicos Pedagógicos foram exonerados pelo prefeito Edson Neves e ninguém foi nomeado até o momento (Foto: Notícias de Ubatã)

A Secretaria Municipal de Educação está às moscas após o prefeito Edson Neves (PSD) reassumir o comando do executivo municipal em 27 de julho e exonerar todos os técnicos pedagógicos. Mais de 15 dias após as exonerações, foi nomeada apenas a titular a Secretária de Educação, a professora Simone Santana.

O resultado da ‘canetada’ do doutor é que todos os projetos que vinham sendo tocados pela pasta da Educação estão paralisados. “As pessoas que trabalhavam na área técnica-pedagógica foram exoneradas e estamos sem orientação para finalizar o PPP das escolas, que deve ser entregue no dia 30”, reclama uma diretora.

A elaboração do PPP, que é uma das condições para regulamentar as escolas ubatenses, é desenvolvido pelas unidades escolares, mas sob a orientação dos técnicos pedagógicos. Resultado: tudo paralisado. O prefeito Edson Neves em reunião com a APLB há duas semanas prometeu regularizar a situação, mas até agora não nomeou ninguém para os cargos. Por ora, SEME às moscas.

Redação Ubatã Notícias