Audiência
Ubatã FM
Publicidade




Ubatã: PMU não cumpre acordo e UNEB suspende aulas do curso de Pedagogia

Prefeito se comprometeu em reunião a ofertar condições mínimas para a realização do Curso, como não cumpriu até o momento, UNEB suspendeu aulas

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) suspendeu as aulas do Curso de Pedagogia em Ubatã para o próximo módulo. As aulas seriam ministradas nesta sexta-feira (17), no sábado (18) e no domingo (19). As aulas foram suspensas porque o prefeito Edson Neves (PSD) se comprometeu a viabilizar as condições mínimas para a realização do Curso, mas… ficou apenas na promessa.

Segundo a UNEB, o convênio assinado entre a Prefeitura de Ubatã e a Universidade prevê que o município assuma as despesas de transporte e estadia dos professores-formadores, espaço físico adequado para a realização das aulas, espaço com estrutura mínima para a instalação da Secretaria do Curso, aquisição de livros e promoção do acesso por parte dos professores-alunos ao acervo.

Ainda segundo a UNEB, o prefeito Edson Neves e a Secretaria de Educação, Simone Santana, participaram de diversas reuniões, momentos em que se comprometeram, publicamente, a corresponder com as responsabilidade da prefeitura e da Secretaria. Com a paralisação das aulas do curso de Pedagogia, cerca de 60 professores-alunos serão prejudicados. Descaso total com a educação do município.

Redação Ubatã Notícias

1 resposta para “Ubatã: PMU não cumpre acordo e UNEB suspende aulas do curso de Pedagogia”

  • marivalda says:

    Eu quero fazer aqui um apelo ao meus colegas que estão sendo, assim como eu, prejudicados por essa situação. Estamos, na verdade exaustos. Trabalhamos durante toda a semana e nos finais de semana vamos estudar pra cumprir um cronograma que foi estimulado pela instituição para que possamos consegui o que é de direto< a nossa graduação e além de todo esse desgaste fisico e psicologico por causa desse cornmograma apertado passamos por essa pressão de aulas que são suspensas por falta de compromisso de pessoas que estão com poder. Chega! Colegas, vamos tomar providências , somos pessoas esclarecidas ou não? O que adianta está sentados em banco de uma academia e nos mostrarmso alienados quando algo nao atinge? Não precisamos baixar o nível, mas precisamos mostrar que sabemos lutar pelos nossos direitos. É hora de buscar caminhos, é hora de sair do comodismos, afinal os prejudicados somos todos nós. somos 60 profissionais, não somos desoculpados.Estamos buscando formação e isso é direito assegurado por lei. Não somos patetas, portanto não vamos agir como tal.

Deixe seu comentário