Ação contra o Ubatã Notícias foi ajuizada pela candidata Rosana Magalhães

Em 20 de julho deste ano a candidata ao executivo municipal, Rosana Magalhães (PTB), ajuizou uma Representação Eleitoral contra o Ubatã Notícias por este ter publicado uma matéria, um dia antes, informando que partidários da candidata estavam espalhando uma pesquisa falsa e sem registro no facebook (lembrar).

O UN apresentou a defesa e o Juiz Eleitoral Antônio Carlos Maldonado Bertacco entendeu que a matéria do Ubatã Notícias tinha cunho apenas informativo e buscava esclarecer apenas o teor falso/irregular da pesquisa, com a transcrição de uma opinião de um advogado devidamente identificado.

Bertacco julgou improcedente a Representação contra o Ubatã Notícias com julgamento do mérito. Entendeu, ainda, que cabe ao Ministério Público requisitar diligências investigatórias e a instauração de inquérito policial para apurar quem divulgou a pesquisa no facebook. Considerando que a Justiça Eleitoral é Justiça Federal, a competência para investigar e presidir o inquérito é da Polícia Federal.

Redação Ubatã Notícias