Quatro bandidos e um policial morreram no assalto ao Banco

Do Radar 64

A polícia recuperou mais de meio milhão de reais roubados do Banco do Brasil de Itanhém pela quadrilha de assaltantes. Durante a perseguição houve troca de tiros, um PM e quatro bandidos morreram. O soldado Cleber Costa, 33, que dirigia a viatura e há nove anos estava na Polícia Militar, chegou a ser levado de helicóptero ao Hospital de Medeiros Neto, mas não resistiu ao ferimento de um tiro de fuzil. O outro policial, o soldado Sandro Alves Carvalho, foi ferido na cabeça e levado para o Hospital Regional de Teixeira de Freitas, onde passou por cirurgia e não corre risco de morte.

Os assaltantes foram socorridos ao Hospital de Medeiros Neto, onde já chegaram sem vida: Hilton Dias Lovato, 42 anos, Roberto Queiroz Martins, 41, Acácio Gonçalves da Silva, 36, e Ivo Alves Quinzinho, 22, todos naturais de São Paulo. A troca de tiros ocorreu durante as buscas à quadrilha, por volta das 9h30, cerca de uma hora depois de o grupo deixar o banco. Na fuga eles vieram pela BA-290, passaram pelo bairro Uldurico Pinto e pelo distrito de Itupeva, município de Medeiros Neto, e seguiam para Lajedão, por uma estrada vicinal, onde houve o confronto. Antes, porém, os assaltantes bateram o Astra preto, placa JNY-2452/Salvador, e tomaram de assalto uma Strada preta e fizeram de reféns o motorista e o pai dele.