Pelo segundo mês consecutivo, INSS desconta valor inferior a R$ 30mil do FPM do município

A Prefeitura de Barra do Rocha, sob a gestão Jônatas Ventura (PMDB), conseguiu, pela via judicial, evitar os constantes sequestros compulsórios de verbas do FPM do município, que chega a quase R$ 140 mil reais mensais. Pelo segundo mês consecutivo, o INSS descontou um valor inferior a R$ 30mil do FPM.

Segundo o prefeito Jônatas Ventura, os constantes sequestro do INSS inviabilizaram a sua gestão nos últimos meses. “Foram mais de 20 [sequestros na verba do FPM], em razão disso tivemos muitas dificuldades para manter o funcionalismo em dia e também o pagamento dos credores”, destacou o alcaide barrochense.

Ainda segundo Ventura, a partir de agora será possível gerir com mais tranquilidade o município e promover melhorias na cidade. “Fizemos muito, apesar de todas as dificuldades. E não há dúvidas que entregarei uma Barra do Rocha muito melhor do que recebi há 8 anos. O sentimento é o de dever cumprido”, finalizou o prefeito.

Redação Ubatã Notícias