Fentect reivindica 43,7%.

Da Agência Brasil

Os trabalhadores da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) realizam nesta segunda-feira (10), assembleias estaduais para avaliar a proposta de uma greve nacional da categoria por tempo indeterminado. Se for aprovada pelas assembleias, a paralisação vai começar  na madrugada de terça-feira (11). A greve irá interromper todos os setores de triagem e distribuição de encomendas e cartas. A diretoria da empresa ofereceu um reajuste salarial de 3%. A Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect) reivindica 43,7%.