Servidores utilizam caixão durante protesto (Foto: Vinícius Machado/UN)

Servidores públicos municipais percorreram as principais ruas da cidade na manhã desta segunda-feira (17) em protesto contra os salários atrasados. Com um caixão, para simbolizar que Ubatã está morta, os servidores foram acompanhados ainda por uma equipe da emissora TV Santa Cruz, filiada da Rede Globo.

Os servidores reivindicam os salários de agosto, que por Lei, tem de ser pagos até o 5º dia útil de cada mês. “Está difícil sustentar a família. Eu tenho um mês de salários atrasados, mas há servidores com possuem três, quatro, cinco meses sem receber. A situação é insustentável e desesperadora”, disse uma professora.

Os manifestos por salários desde a última semana, quando os servidores colocaram fogo em frente à Prefeitura de Ubatã, interditaram ao BR-330 por algumas horas e ocuparam a sede do executivo municipal por cerca de 30h. A gestão Edson Neves (PSD) ainda não estabeleceu um calendário para regularizar a situação.

Redação Ubatã Notícias