Edson Neves diz desconhecer medida

O Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) receberá nesta segunda-feira (17) uma petição da Câmara de Vereadores de Ubatã, na qual é pedida a validação de uma sentença do desembargador Clésio Rômulo Carilho Rosa, que decidiu em junho a favor do processo de cassação, no Legislativo municipal, do mandato do prefeito Edson Neves (PSD). Segundo vereadores de Ubatã, como a secretaria da 2ª Câmara Cível, instância que deveria notificar o prefeito, ficou fechada por sete dais, Neves continua no comando da prefeitura, informa o Bocão News.

Um advogado eleitoral ouvido pelo Ubatã Notícias afirma, no entanto, que a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) que suspendeu os efeitos da Suspensão de Segurança (SS) ajuizada por Edson Neves (PSD) não retorna Cássia Mascarenhas (PMN) ao cargo, isso porque a Justiça de 1ª Instância já julgou o mérito do processo que afastou o alcaide do comando do executivo. O advogado diz ainda que a Comissão Processante de Inquérito da Câmara, que apurou as denúncias contra Neves, arquivou o processo. É bom aguardar!

Redação Ubatã Notícias