Kombi estava carregada de cestas básicas. Oposição suspeita que material seria distribuído em troca de apoio político (Foto: Ubatã Notícias)

Uma Kombi apreendida nesta terça-feira (25), por volta das 15h, por uma Guarnição da PM da 61ª/Ubaitaba, tem dado o que falar em Gongogi. O veículo estava carregado com 20 cestas básicas e foi apreendido após denúncia de que o material seria distribuído pela gestão do prefeito Sapão (PDT) em troca de apoio político.

As cestas básicas foram compradas em Ubatã e após denúncia ao Ministério Público Eleitoral, a PM interceptou o veículo, que é locado à Secretaria de Educação do Município, num posto em Gongogi. Atordoado, o motorista afirmou que o material pertencia ao proprietário do posto, mas este negou a informação.

Após a apreensão do veículo, que foi levado para Ubaitaba, a gestão Sapão afirmou – oportunamente – que as cestas básicas seriam doadas à Igreja Católica Senhora Santana. O Padre Genário recebeu de bom grado as cestas. A oposição, é claro, ficou pê da vida com o vigário. Resultado: Kombi liberada, cestas básicas “doadas” à Igreja e Sapão sorrindo à toa. Por ora, tudo na mais perfeita “harmonia”.

Ver mais Fotos

Redação Ubatã Notícias