Audiência
Ubatã FM
Publicidade




Disputa eleitoral vira caso de Polícia no sul da Bahia

Juliherbert levou socos de cunhado de candidata a prefeita (Foto Sérgio Fragoso)

Do Pimenta

Episódios de violência por causa da disputa eleitoral no sul da Bahia têm chamado a atenção da polícia e Justiça. Municípios como Aurelino Leal, Itajuípe e Gandu registraram brigas, sequestro-relâmpago de jornalista e até contratação de milícia para acuar candidatos. Em Aurelino Leal, atos políticos somente ocorriam com a autorização judicial devido aos casos de violência.

Dois dos casos mais graves foram registrados em Gandu e em Itajuípe. Em Gandu, o jornalista Pedro Augusto sofreu agressão, teve equipamento de trabalho furtado e foi vítima de sequestro-relâmpago.

Nesta semana, em Itajuípe, a polícia civil foi acionada para tentar prender o cunhado da candidata a prefeita pelo PSB, Gilka Badaró. Geraldo Pólvora agrediu com socos o motorista Juliherbert Santana em plena praça pública. Após a agressão, Geraldo sumiu e abandonou a picape Hilux em um posto de gasolina às margens da BR-101, em Itabuna. A polícia localizou e apreendeu o veículo.

2 respostas para “Disputa eleitoral vira caso de Polícia no sul da Bahia”

Deixe seu comentário