Foto: Divulgação

Do Bahia Notícias

O site Educacional Center passou a oferecer há uma semana na internet diplomas de graduação de universidades federais e particulares de todo o país. A entrega do documento seria finalizada em cinco dias, com o pagamento de valores a partir de R$ 410. A empresa promete que os diplomas são validados pelo Ministério da Educação, com publicação no Diário Oficial da União. O serviço ofereceria, inclusive, diplomas para instituições baianas, como a Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Salvador (Unifacs), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Universidade Federal da Bahia (Ufba).

Em contato com O Globo, o Ministério da Educação negou e afirma que acionará o Ministério Público Federal e a Polícia Federal para investigar o caso. O assunto chegou há dois dias ao conhecimento da Universidade Federal Fluminense (UFF), de Niterói. Pessoas que se identificaram como estudantes enviaram e-mails à Ouvidoria da UFF para perguntar se a oferta era verdadeira e se tinha a aprovação da universidade. A procuradora da República Maria de Fátima Salles Teixeira, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 2ª Região e que atua na universidade paulista, qualificou a venda de diplomas como “uma ação criminosa”.