Servidores vão à Prefeitura de Ibirataia reclamar salários

Cerca de duzentos servidores públicos municipais ibirataenses, de diversas áreas da administração pública, ajuizaram um Mandado de Segurança (MS) nesta quarta-feira (17) para garantir o recebimento de seus salários referentes aos meses de setembro, outubro, novembro, dezembro e também do 13º.

A título de exemplo, mesmo arrecadando pouca mais de R$ 3,5 milhão entre os dias 1º de setembro e 17 de outubro, a gestão do prefeito Jorge Fair (DEM), até o momento, só pagou os salários de alguns poucos contemplados. Há casos de funcionários que tiveram apenas R$ 20,00 depositados em suas contas.

“Está havendo perseguição política. Gostaria que o prefeito viesse a público justificar onde foram gastos mais de R$ 3,5 milhão de reais em pouco mais de um mês. Como se nota, o dinheiro não foi utilizado para pagar a folha salarial, pois os servidores ainda não receberam os salários”, protesta o vereador Caio Pina (PP). Servidores foram à Prefeitura de Ibirataia nesta quarta-feira (17) reivindicar os salários atrasados, mas não houve respostas do executivo.

PREFEITO TERÁ MUITA DOR DE CABEÇA APÓS DEIXAR GOVERNO

O prefeito Jorge Fair (DEM) deve ter muitos abacaxis para descascar após deixar o governo municipal. Além de ter sofrido uma derrota retumbante no processo sucessório, o prefeito está com mais de R$ 2 milhões bloqueados pela Justiça Federal, é réu na Operação Vassoura de Bruxa da Polícia Federal que investiga fraudes em licitações públicas, além de ter tido as contas rejeitadas referentes ao exercício de 2010 pelo Tribunal de Contas dos Municípios. As contas devem ser apreciadas no próximo ano pela Câmara. O cenário é truvo para o alcaide.

Redação Ubatã Notícias