Desenho feito por criança vítima de abuso

Do Correio

Um desenho de um homem barbado, feito à mão por uma menina de 5 anos, e o depoimento assinado por ela ajudaram a Polícia Civil de São Paulo na identificação do suspeito de violentar sexualmente a garota. O crime teria ocorrido em agosto deste ano, dentro da escola municipal onde ela estudava, na Zona Leste da capital paulista. Um desempregado de 37 anos chegou a ser preso pela suspeita do crime de estupro, no início de outubro, mas foi posto em liberdade porque não havia sido detido em flagrante, como determina a lei eleitoral.

Ele é morador de rua, dormia numa obra vizinha à escolinha, e teria entrado no local ao pular um muro. A criança contou no 24º Distrito Policial, em Ermelino Matarazzo, que naquela tarde de agosto brincava sozinha no pátio da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Professora Ana Marchione Salles, no Jardim Popular, quando o agressor a agarrou por trás, beijou sua boca e abusou dela.