O procurador aposentado e o seu cunhado foram transferidos para Teixeira

Sul Bahia News

Populares de Nova Viçosa tentaram fazer justiça com as próprias mãos, ao tentar invadir a delegacia da cidade no início da noite desta quarta-feira, 24 de outubro, para linchar os presos, Ripércio Luiz Penchel, 67 anos, – procurador aposentado do INSS de Teófilo Otoni que advogava no município –, e seu cunhado, o caseiro, Silvério Cordeiro Abrantes, 59 anos de idade, acusados de estuprar violentamente um menino de 12 aos de idade.

O delegado titular da Delegacia de Nova Viçosa, Samuel Martins, foi informado da situação e de imediato acionou a Polícia Militar e CIPE para dar o suporte na delegacia. Depois disso, entrou em contato com o coordenador da 8ª Coorpin, Marcus Vinicius, que providenciou a transferência dos presos para Teixeira de Freitas.

Uma viatura da CIPE Mata Atlântica trouxe os presos até o distrito de Itabatã, onde foram transferidos para uma viatura da CETO e recambiados até a Delegacia de Teixeira de Freitas. Por volta das 23h os acusados foram entregues aos policiais civis que estavam de plantão.