Fernando Haddad (PT) comemora eleição (Foto: Vagner Campos/G1)

Após oito anos, o PT volta ao poder na maior cidade do país com o triunfo de Fernando Haddad, 49, eleito prefeito de São Paulo após vencer José Serra (PSDB) no segundo turno. A conquista da prefeitura paulistana representa uma vitória pessoal do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que bancou a candidatura de Haddad, e, mesmo entrando tardiamente na campanha por conta da recuperação de um câncer na laringe, ajudou o ex-ministro da Educação a sair de patamares de 3% nas primeiras pesquisas de intenção de voto e chegar à reta final da disputa na liderança.

A vitória de Haddad acontece em um momento complicado para o PT, já que ex-integrantes da cúpula do partido foram condenados pelo STF (Supremo Tribunal Federal) por envolvimento no mensalão, maior escândalo político do governo Lula (2003-2010). No comando administrativo da principal capital do Brasil, os petistas tentarão pavimentar o caminho para a conquista inédita do governo do Estado em 2014. Além do apoio de Lula, Haddad contou com a popularidade da presidente Dilma Rousseff, que teve papel decisivo na campanha, participando de comícios e sendo personagem frequente do horário eleitoral gratuito. Informações do Uol.