Warning: Use of undefined constant HTTP_USER_AGENT - assumed 'HTTP_USER_AGENT' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/ubatanoticias/public_html/wp-content/themes/ubatanoticias/header.php on line 1
Ubatã: Profissionais da educação se mobilizam por salários atrasados



Audiência
Ubatã FM
Publicidade






Ubatã: Profissionais da educação se mobilizam por salários atrasados

Profissionais da educação realizam assembleia nesta terça

Profissionais da educação de Ubatã foram, na manhã desta segunda-feira (05), ao Fórum Clériston Andrade. O objetivo da empreitada era aguardar o resultado de uma audiência entre a Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB) e o Juiz Antônio Carlos Maldonado Bertacco para discutir a questão dos salários.

Não houve, no entanto, nenhuma novidade. Ainda há, após duas decisões tomadas pelo Desembargador Clésio Rosa, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), uma indefinição sobre quem é o prefeito do município. Edson Neves (PSD) e Cássia Mascarenhas (PMN) disputam a chefia do comando do executivo municipal.

Os profissionais da educação, que estão há mais de 50 dias em greve, por ora ainda não têm uma definição sobre quando os salários serão regularizados. Nesta terça-feira (06) a APLB realizará uma assembleia, a partir das 19h, na Câmara de Vereadores. Além dos profissionais da educação, o encontro deve reunir representantes dos três poderes e também da sociedade civil organizada.

Redação Ubatã Notícias

3 respostas para “Ubatã: Profissionais da educação se mobilizam por salários atrasados”

  • Malu says:

    Sr. Juiz tem piedade desses pais de familia,põe um freio nesses administradores de Ubatã!!!!Investiga os acordos que foram feitos!!rios de dinheiros e para os trabalhadores nada!!!!Desabafo!!!

  • Ionara says:

    Essa é a triste realidade, por isso que a cidade esta assim entregue a marginalidade, enquanto a educação não for prioridade nunca teremos um pais justo.

  • caio says:

    Juiz como esta a cidade de ubatã com o descanso, lixo nas ruas salários pendentes,alunos sem aula que situação lamentavel. Sem contar que o comercio perde com toda essa bagunça desses administradores

Deixe seu comentário