Ação criminosa durou cerca de três minutos e espalhou pânico

Na manhã desta quarta-feira (07), por volta das 9h, bandidos fortemente armados assaltaram três agências bancárias no município de Ituberá, no baixo sul do estado. Segundo informações da Polícia Militar, durante toda a ação criminosa o município ficou sem comunicação via telefone e o comércio foi fechado em meio ao tiroteio.

Segundo a Delegacia de Ituberá, cerca de quinze homens encapuzados e fortemente armados com fuzis invadiram o município a bordo de um veículo L200, um Strada preto e outro veículo não identificado. Os bandidos assaltaram as agências do Banco do Brasil, Bradesco e Caixa Econômica Federal.

A quadrilha fez dezenas de pessoas como refém, inclusive o ubatense Lucas Paulo, funcionário da Caixa Econômica Federal, que foi liberado com as demais vítimas pouco tempo depois da ação criminosa, ainda nas proximidades do município de Ituberá. A informação da Polícia Civil é que a operação criminosa durou cerca de 30 minutos e espalhou o terror no município.

POLÍCIA FAZ CERCO EM BUSCA BANDIDOS

As Polícias Civil e Militar montaram um cerco na região de Ituberá, para capturar uma quadrilha que assaltou agências bancárias da cidade. Guarnições das Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipe) da PM, em conjunto com policiais civis do Grupo Avançado de Repressão a Crimes Contra Instituições Financeiras (Garcif) e o Grupamento Aéreo da PM, que realiza varreduras nas cidades adjacentes. São 15 viaturas da Cipe empregadas nas buscas nas estradas circunvizinhas e especialmente na rota identificada como a mais provável para a fuga. A polícia não divulgou a quantia levada pelos criminosos.

Redação Ubatã Notícias