Vera já havia conseguido uma Liminar no TRE para suspender decisão até o julgamento do Mérito

A Juíza da 24º Zona Eleitoral, Carla Rodrigues de Araújo, tornou nula, nesta quarta-feira (07) a sentença proferida em 19 de outubro que cassou o registro de candidatura da prefeita eleita de Barra do Rocha, Vera Lúcia Franco Ramos Costa. A sentença, agora nula, dizia respeito a uso indevido de meio de comunicação.

Em sua decisão, motivada por um Embargo de Declaração interposto por Vera Lúcia, a Juíza acolheu o argumento de que o vice-prefeito eleito, Valdir Tavares (PT), não havia sido citado no processo. “Declaro nulo todos os atos processuais praticadas”, anotou, na sentença, a Juíza Carla Rodrigues de Araújo.

A Juíza concedeu prazo de três dias para que a Coligação Mudança Já, encabeçada por Luiz Sérgio (PSB), o professor Léo, promova a emenda na petição inicial, incluindo no polo passivo da demanda o vice-prefeito eleito, Valdir Tavares (PT). O processo deve ter sequência. Vera Lúcia já havia conseguido uma liminar junto a Tribunal Regional Eleitoral que suspendeu a decisão da Justiça de 1ª Instância.

* Ler Sentença

Redação Ubatã Notícias