Gilberg disse que matou uma pessoa em Porto Seguro e fugiu para Eunápolis

Do Radar 64

A Polícia Militar de Eunápolis não teve muita dificuldade para prender uma pessoa suspeita de assassinato. Gilberg Araújo Santos da Cruz, 25 anos, ligou para o 190 – o telefone de emergência da PM e afirmou que matou uma pessoa na cidade de Porto Seguro e que queria se entregar.

Uma equipe do PEOT, o pelotão especial da 7ª CIPM, se deslocou até a Praça da Caixa d’Água, no bairro Santa Lúcia e deteve o homem. Na delegacia da Polícia Civil de Eunápolis, para onde foi inicialmente encaminhado, Gilberg contou ao RADAR64 que matou Cloveis Alcântara Elias, 65 anos, a golpes de faca em legítima defesa.

O crime aconteceu por volta das 5h da madrugada de domingo (11), no bairro Cambolo, em Porto Seguro. Gilberg foi levado para a delegacia de Porto Seguro. A mãe de Gilberg contou que ele é viciado em drogas e que até passou por um centro de reabilitação, mas que não conseguiu se livrar da dependência química.